Trabalho temporário é oportunidade de efetivação, experiência e remuneração

aprendiz01Em alguns períodos do ano, aumenta a necessidade de contratação de trabalhadores temporários para suprirem o aumento extraordinário de serviços, como por exemplo, em datas festivas (natal, páscoa, dia das mães) e em períodos de férias escolares, como agora.

Para o trabalhador, além de ter conseguido um emprego, é uma grande chance de ser efetivado no emprego. “Além de gerar renda, ganhar experiência e aprendizado, o tempo de trabalho temporário conta para aposentadoria!”, ressalta o Presidente do SINDEEPRES, Genival Beserra Leite.

O relatório econômico 2017 da World Employment Confederation aponta que o desenvolvimento de habilidade é visto como um fator agregador para o Trabalhador. Nos Estados Unidos, 62% dos temporários que foram contratados afirmam ter desenvolvido novas competências ou melhorado as que já possuíam. Na França, 90% enxergaram no trabalho temporário um período útil para adquirir experiência profissional e 78% dizem ser positivo para o treinamento de habilidades. 

“Como a meta do trabalhador é conquistar de vez esse emprego, é importante que ele tenha uma postura de que é a pessoa certa para aquela vaga!”, completa Genival. “E caso seja efetivado, ele deve manter sempre essa postura que o fez conquistar a vaga”, conclui.

O Consultor Lincoln Ferrarezi, preparou algumas sugestões que podem tanto contribuir para a efetivação deste trabalhador temporário, quanto para trilhar uma carreira de sucesso na empresa.

Observar rigorosamente as condições pactuadas em contrato de trabalho, tais como, atividades atribuídas, etc.

-  Observar normas de segurança e saúde no trabalho, seja as que estão previstas na legislação, seja as que foram determinadas internamente pela tomadora.

-  Ser pontual em seu horário de trabalho e nos compromissos funcionais nunca os entregando após o prazo.

-  Ter iniciativa nas situações em que está funcionalmente autorizado a agir sem precisar de comando do superior

-  Sempre atender bem o cliente e também os demais trabalhadores do quadro regular e permanente da tomadora

- Buscar sempre uma postura harmoniosa, honesta, polida, solidária, agregadora e prática para com todos no ambiente de trabalho e na empresa.

- Conhecer bem a empresa, seus produtos, princípios, clientes, ramo de negócio, posição no mercado na região, no Brasil e, quando for o caso, no mundo.

-  Procurar conhecer detalhadamente e cumprir suas regras internas, principalmente seu regulamento interno.

-  Ser sociável, ainda que reservado ou reservada, relacionando-se bem com todos, de fácil integração, disposto a lutar por suas ideias e argumentos, mas também disposto ou disposta a negociar e até ceder quando necessário.