Genival Beserra Leite - PresidentePraticamente todos concordam:a prestação de serviços terceirizados é uma realidade no Brasil e no mundo. Falta, porém, uma lei que ponha isto no papel, impedindo, entre outras coisas, que o trabalhador seja lesado por empresas desonestas ainda em atuação aqui no País.

Isto não significa que o terceirizado esteja sem quem o defenda. Ao contrário, o Sindeepres, que já tem mais de 150 mil trabalhadores associados, não só está de olho nas prestadoras de serviços que não cumprem as suas obrigações, como usa toda sua força para apoiar e liderar as reivindicações dos vários segmentos que legitimamente representa.

O Sindicato conta com um departamento jurídico muito atuante. Recentemente, por exemplo, o departamento conseguiu na Justiça garantir os direitos legítimos do trabalhador em várias ocasiões.

Algumas dessas vitórias jurídicas são contadas nesta edição.

Uma delas foi o movimento dos terceirizados que prestam serviços para uma das principais montadoras de automóveis do País. Mobilizados desde abril, eles pleiteavam reajuste salarial de 7,5%, aumento da cesta básica, participação nos lucros e benefícios nos convênios médicos. As negociações emperraram e os trabalhadores entraram em greve. Com o apoio e a ação do nosso Sindicato, a Justiça, além de contemplar as reivindicações, decidiu pela estabilidade dos trabalhadores em greve por 90 dias e pelo abono dos dias de paralisação.

Conto tudo isso para demonstrar que um sindicato, além de estar sempre do lado do trabalhador, inclusive no serviço de assistência odontológica, tem o dever de ficar atento às mudanças que estão ocorrendo nas relações do trabalho. Nós, do Sindeepres, entendemos que esta é mais do que uma obrigação: ela tem de se traduzir em ações efetivas que, no final, aumentem as chances de emprego do trabalhador no mercado de trabalho.

É por isso que, há vários anos, oferecemos cursos e palestras que habilitam, qualificam e preparam o terceirizado para as várias oportunidades que surgem no mercado, cada vez mais exigente e seletivo.

O mundo do trabalho mudou. Por isso, nós acreditamos que a luta dos trabalhadores não pode ignorar as exigências dos novos tempos. E estamos certos de que o Sindeepres tem cumprido seu dever de apoiar as lutas, defender os direitos e se equipar cada vez mais para preparar seus associados para o mercado. Este é o único compromisso que temos. E ele é só com o trabalhador – mais ninguém.

Presidente
Genival Beserra Leite

Página 87 de 92