Informativo sobre as negociações coletivas - CCT

É de conhecimento de todos que a reforma trabalhista, em vigor desde novembro de 2017, veio para reduzir direitos dos trabalhadores e enfraquecer os sindicatos, com o objetivo de fragilizar ainda mais a parte mais fraca na relação de emprego - o trabalhador.

Devido às novidades que a reforma trouxe, os empresários estão resistentes nas negociações coletivas, o que está gerando grandes atrasos nas negociações das Convenções Coletivas de Trabalho.

O SINDEEPRES é uma entidade sindical séria, estruturada e que sempre lutou em prol da categoria, o que não está sendo diferente nesse crítico momento.

Por isso, com a costumeira transparência, o SINDEEPRES informa aos seus representados que as Convenções Coletivas de Trabalho estão em negociação, ainda sem data prevista para finalização, mas que estão sendo utilizadas todas as ferramentas possíveis para a manutenção dos direitos já conquistados e para novas conquistas.

Mais uma vez, o SINDEEPRES reforça que não está medindo esforços para que as Convenções Coletivas sejam finalizadas e atenda aos anseios da categoria.

Divulgaremos os índices de reajuste assim que as negociações forem concluídas, lembrando que o reajuste salarial e dos benefícios são retroativos à data base.

Ajude-nos a fortalecer a categoria na luta frente à reforma trabalhista.

Praça Padre Manoel da Nóbrega, 21 - 1º andar - Centro - São Paulo - Brasil