OIT avalia denúncias das centrais sindicais

Denúncia feita pela UGT (União Geral dos Trabalhadores) na OIT (Organização Internacional do Trabalho) sobre prática adotada por alguns dos procuradores do MPT (Ministério Público do Trabalho) foi tema de recente reunião realizada em Brasília pela representação da OIT brasileira. Nesse encontro, que contou com a presença de representantes das seis centrais sindicais, a UGT esteve representada pelo dirigente Avelino Garcia Filho, do Comando de Práticas Anti Sindicais.

Em novembro do ano passado, o presidente da UGT, Ricardo Patah já havia apresentado denúncias durante reunião da OIT em Genebra (Suiça). O mesmo tema chegou a ser debatido em vários seminários promovidos pela UGT, numa demonstração de que o movimento sindical não aceita, em hipótese alguma o procedimento adotado por parte de um segmento do Ministério Público do Trabalho, contrário à liberdade dos sindicatos, informou Avelino Garcia Filho.

Praça Padre Manoel da Nóbrega, 21 - 1º andar - Centro - São Paulo - Brasil