Presidenta Dilma recebe centrais sindicais

Foto: Antonio Cruz/ABrO presidente da UGT, Ricardo Patah e representantes das demais centrais sindicais foram recebidos em março, 11, na sede do Palácio do Planalto em Brasília, pela presidenta da República Dilma Rousseff. O encontro aconteceu após uma cerimônia em que a presidenta assinou uma portaria regulamentando a lei que garante assento aos trabalhadores nos conselhos de administração de empresas públicas.

Na ocasião, que durou mais de duas horas, Dilma mostrou-se disposta a conversar sobre os principais pontos da pauta de reivindicação, como por exemplo, estabelecer uma política que permita o reajuste da tabela do Imposto de Renda pelos próximos quatro anos e tratar de temas como o processo de industrialização e as convenções firmadas no âmbito da Organização Internacional do Trabalho (OIT).

Ricardo Patah informou que durante o encontro foi abordado também o impacto do reajuste dos preços dos medicamentos. Segundo Patah, foi pedida a suspensão do aumento caso se comprove que o índice estabelecido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) traga prejuízo aos aposentados.

O presidente da UGT também entregou à presidenta Dilma uma carta com algumas posições defendidas pela entidade, como o fim do intervencionismo do Ministério Público do Trabalho (MPT) na organização sindical; a redução da Jornada de Trabalho para 40 horas semanais, sem redução de salários, e o aumento da remuneração do FGTS, entre outros assuntos. Para ele, o resultado da reunião foi surpreendente uma vez que a presidenta sinalizou que vai estreitar as relações com o movimento sindical. “As reuniões mensais com o governo e, algumas vezes até com a presença da presidenta Dilma, mostra que há uma disposição por parte do executivo de tomar decisões após ouvir o movimento sindical”, disse Patah.

Também participaram do encontro os ministro do Trabalho, Carlos Lupi, o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e a ministra do Planejamento, Mirian Belchior.

Praça Padre Manoel da Nóbrega, 21 - 1º andar - Centro - São Paulo - Brasil